frente

Sob pressão, Mendes sanciona lei que batiza ferrovia de Senador Vicente Vuolo

Por Dayane Senna Lima em 25/11/2021 às 10:19:31

Após press√£o iniciada pelo presidente da C√Ęmara Municipal de Cuiab√°, vereador Juca do Guaran√° Filho (MDB), seguida pelos deputados da Assembleia Legislativa de MT, foi sancionada pelo governador Mauro Mendes, a lei que batiza ferrovia de Senador Vicente Vuolo.

Anteriomente, a empresa Rumo Log√≠stica S/A – que tem a concess√£o do modal – chegou a nomear como Olacyr de Moraes, falecido empres√°rio do agronegócio.

Em tribuna, o presidente da C√Ęmara de Cuiab√° enfatizou a luta de Vicente Vuolo para constru√ß√£o do modal no Estado. "Eu fiquei muito feliz com o lan√ßamento dessa ferrovia estadual e ao mesmo tempo fiquei um pouco frustrado. Respeito a biografia do ex-rei da soja, Olacyr de Moraes, foi um grande empres√°rio, mas a biografia do ex-senador Vicente Vuolo precisa ser preservada. N√£o se fala em ferrovia, sem falar em Vicente Vuolo", enfatizou.

Juca do Guaraná encaminhou para a Assembleia Legislativa um ofício em nome da Mesa Diretora da Casa de Leis de Cuiabá, onde solicitou que o nome da ferrovia fosse em homenagem ao ex-senador.

Após o posicionamento imediato do presidente da C√Ęmara de Cuiab√°, outras lideran√ßas pol√≠ticas do Estado também criticaram a decis√£o inicial, argumentando que, em vida, o senador teve como uma das principais bandeiras a ferrovia. A Assembleia Legislativa, ent√£o, propôs e aprovou um projeto de lei para modificar o nome.

Os trilhos e terminais v√£o interligar os munic√≠pios de Rondonópolis, Cuiab√°, Nova Mutum e Lucas do Rio Verde. Os custos do modal est√£o previstos em R$ 11,2 bilh√Ķes.



Comunicar erro
banner 2

Coment√°rios

banner 3