Dois PMs da inteligência são alvos de mandados e afastados da função por suspeita em execução de ex-presidiário com cinco tiros

Por Da Redação em 26/11/2021 às 10:24:37

A Delegacia de Homicídios e Prote√ß√£o à Pessoa de Cuiab√° (DHPP), deflagrou nesta semana a Opera√ß√£o Acessum para cumprimento de mandados judiciais de buscas e apreens√Ķes e o cumprimento de medidas cautelares de afastamento contra dois policiais militares, alvos de uma investiga√ß√£o que apura um homicídio ocorrido em junho do ano passado. A vítima, que era um ex-presidi√°rio, foi executada com cinco tiros.

Durante as investiga√ß√Ķes sobre o homicídio de Jarley Gustavo C√Ęndido da Silva, a DHPP constatou que os militares acessaram de modo ininterrupto o sistema de monitoramento da tornozeleira eletrônica da vítima, além de um deles se encontrar nas proximidades da regi√£o onde ocorreu o crime.

O acesso ao sistema de monitoramento foi finalizado minutos depois da vítima ser executada. Os PMS est√£o lotados no setor de intelig√™ncia de um batalh√£o da Capital.

Por determinação judicial, a equipe da DHPP cumpriu ainda medida cautelar de exclusão de todos os acessos (logins e senhas) dos dois policiais aos sistemas de inteligência, para que não tenham mais comunicação com dados de inteligência do Estado.

Os investigados, por ordem judicial, foram afastados de suas fun√ß√Ķes pelo período de 90 dias, n√£o podendo frequentar qualquer unidade da √°rea de seguran√ßa pública. Entre outras medidas judiciais diversas da pris√£o est√° também a determina√ß√£o de uso de tornozeleira eletrônica pelos investigados.

Fonte: Olhar Direto

Comunicar erro
banner 2

Coment√°rios

banner 3